Site já está em português.

Website already is in english.

"Sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria; sim, com tudo o que possuis, adquire o conhecimento." Pv. 4.7




Página Inicial / Colunista / Estamos fazendo nosso papel como cristãos?



Estamos fazendo nosso papel como cristãos?


Autora: Merabe Bichara

11/Jul/2015

Tenho me perguntado há muitos dias "o que está acontecendo com os cristãos?". A resposta foi me encontrando, e é a seguinte -> falta de amor. "Ora essa! Amor? Como assim?" Exatamente! Os cristão estão esquecendo de amar ao próximo.

Brigas, confusões, fofocas e mentiras não deveriam existir, com a frequência que existem, dentro da casa de quem lê a Bíblia, ora, vai à igreja, etc., mas tudo isso não adianta de nada, se você não viver o estilo de vida cristão. Deus não se importa apenas com o quanto você ora, o quanto vai à igreja e o quanto você fala que é cristão. Ele está muito mais interessado em analisar como você trata as pessoas, como você trata o seu marido, a sua esposa, seus pais e seus filhos. 

Temos uma dificuldade enorme em amar as pessoas e o grande mal está em não perdoar. Eu me deparei com isso em muitos momentos de minha vida. Fui tentada a odiar, a dizer palavras que magoariam e jamais perdoar, mas aprendi que o problema da falta de perdão está intimamente relacionado com o amor, tanto amor próprio como amor ao próximo. Quanto mais eu fugia de perdoar, mais o meu íntimo me acusava de ser uma pessoa ruim e eu me sentia mal, pois quem não esquecia o que estava acontecendo era apenas eu, ninguém mais. Percebi também que quando Jesus diz em Mateus, capítulo 22, versículo 39: [...] "Amarás o teu próximo como a ti mesmo", Ele está dizendo perdoe, ajude, leve a Minha Palavra, console, seja paciente, seja generoso, seja amigável, seja simpático, mas não seja tudo isso com intenções ruins, não seja tudo isso esperando algo em troca, e, mais ainda, seja tudo isso com quem NÃO merecer, com quem for ruim com você! (Leia Lucas 10:29-37)

Até que eu entendesse isso, vivia presa, acreditando que quem não fosse bom para mim, não deveria receber a minha bondade. Eu estava sendo egoísta, e isso fazia mal para mim mesma. De que adiantaria eu postar mil versículos bíblicos no facebook, no Twitter, ter milhares de versículos decorados e citar todos eles, se eu não conseguia perdoar uma pessoa, se eu não era capaz de amar! Quando comecei a amar mais, a enxergar a bondade e a dificuldade das pessoas, foi então que me tornei cristã, e foi aí que pude sentir paz e tranquilidade. Porém eu tive que admitir o que estava fazendo, eu precisei dizer a Deus e a mim mesma que eu tinha um problema, precisei deixar todo meu orgulho e me humilhar. O Senhor precisa que você admita a sua fraqueza e então ele se fortalecerá em sua vida. Leia o que o Senhor diz a Paulo:

"E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo."

(2 Coríntios 12:9)

Quantas vezes somos levados a xingar, a odiar e dizer mentiras sobre certas pessoas, e cedemos? Qual é o testemunho que temos dado como seguidores de Jesus Cristo? Admita sua fraqueza, sua dificuldade!

Faça esta oração:

"Senhor, me apresento diante de ti, impura(o) como sou, buscando purificação e santificação. Eu não sou capaz de resolver meus problemas, eu tenho falhado em amar ao próximo, tenho falhado em perdoar, tenho sido rude com conhecido, amigos e até mesmo com meus próprios familiares, e sei que não consigo resolver sozinha(o). Preciso de ti, Espírito Santo, me ajude, seja minha fortaleza, eu sou fraca(o), mas o Senhor é forte. Aproxime-se de mim, uma(um) pecadora(pecador) e faça a minha vida ser de acordo com a sua vontade. Eu oro e peço todas estas coisas em nome de Jesus, amém!"

 

Por: Merabe Bichara

Voltar Ou escolha um artigo de Merabe no quadro ao lado

Mais Estudos



"Sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria; sim, com tudo o que possuis, adquire o conhecimento." Pv. 4.7